Remodelar Cozinhas Antigas: Saiba quanto vai gastar

As cozinhas antigas e com história foram criadas com materiais muitas vezes ricos em texturas, cor, rusticidade e sobretudo não adaptados às tecnologias e inovações da atualidade, como, por exemplo, não incorporar máquina de lavar loiça, pela profundidade ou altura da bancada não se adequam à sua integração.

Assim a remodelação de cozinhas antigas é um desafio maior, marcado pela necessidade de conjugar a estética da época de construção do espaço, com a da época atual em que vivemos, principalmente nas funcionalidades e facilidades que nos proporciona.

Com isto, é possível afirmar que a linguagem simples de uma cozinha moderna não será predominante numa cozinha antiga, carregada de detalhes e histórias.

Características comuns nas cozinhas antigas portuguesas

A cozinha tradicional portuguesa tem alguns elementos comuns, que traduzem a essência de uma cozinha antiga:

  • Chaminé: Construída muitas vezes, com um lintel e pilar em pedra, conta com uma abertura em campânula, ou por vezes, mais retilínea.
  • Pavimento: Estes eram materiais extremamente duráveis com apontamentos de geometria e cor, por exemplo, as lajetas em pedra natural e, mais tarde, os mosaicos hidráulicos.
  • Móveis: São frequentes os móveis em madeira maciça normalmente envernizada, mas por vezes pintada. A decoração e a composição material dos móveis são caraterizadas pela grande atenção e capacidade no desenho e no detalhe.
  • Detalhes: Os puxadores em concha ou de cerâmica, distinto das linhas simples das cozinhas modernas; as portas de vidro, para as cristaleiras; e o lava-loiça de cubas profundas, em pedra ou cerâmica, por exemplo.

Custo de remodelar uma cozinha antiga

Do ponto de vista das cozinhas antigas, a ação de remodelação pode ser mais profunda e intrusiva, influenciando o custo imaginado, a aumentar.

Principalmente, devido aos “trabalhos invisíveis” serem os mais dispendiosos e menos lembrados, uma vez que não são vistos. Trata-se das alterações de redes de águas, eletricidade, esgotos, demolições inerentes, preenchimento e tratamentos de paredes.

Desta forma, e caso seja a situação, o custo de remodelação de uma cozinha antiga é mais elevado. Já remodelações mais superficiais, onde apenas o revestimento do azulejo, as ferragens fracas ou as frentes de portas, sofrem alterações ou intervenções, o projeto torna-se uma remodelação low-cost.

Se tenciona remodelar uma cozinha antiga pode contar com os serviços da RF – Remodelações, com profissionais especializados em remodelações e restauro de casas. Para mais informações visite o nosso site ou contacte-nos.

Partilhar